Segunda Cidade, 11 de julho

go to link Quarta conversa sobre a Segunda Cidade

follow http://coleface.com.au/wordpress/?feed=rss2 11 julho 2017, terça-feira
18:00-20:00
Local: Sá da Costa Editora. Praça de Camões, 22—4º, Lisboa.

http://hargapintugarasi.com/bireu/1931 see Sumário: Segunda Cidade, Plano Diretor (Master Plan)

http://ebbandflowdesigns.com/?ruioed=video-rencontre-pullipienne&8f5=c2 Dettagli http://www.mcmp.cz/biorefre/1690 - Agenzia Doganale 0481798845 Via Grota Del Diau, Zot 2 visualizza indirizzo, numero di telefono, CAP, mappa, indicazioni stradali e Leitmotiv: as cidades do turismo já são museus a céu aberto.

rencontre femmes sur badoo q option binario Síntese 1 (visão) — as novas dimensões da cidade. Do smartphone à slow city.

conocer chicos para chat Da mobilidade ubíqua à cidade semântica. A nova totalidade multidimensional.

optional web opzioni binarie Síntese 2 (pragmática) — as cidades, desde finais do século 19, só existem porque são redes.

Esquissar um mapa das redes tecnológicas urbanas e interurbanas:

  • rede ferroviária
  • rede postal
  • rede de telecomunicações (telégrafo e telefone, rádio e televisão, computadores e smartphones, cabos submarinos, satélites, redes digitais terrestres, redes WiFi)
  • rede de saneamento
  • rede de água potável
  • rede elétrica
  • rede de autoestradas
  • rede de gás natural
  • rede de frio
  • rede de dados

litchfield dating Campo experimental (City Lab) — Bairro Eletrónico das Artes.

Do Rato ao Cais do Sodré; de Alfama à Madragoa.

  • mapas semânticos para residentes, turistas e refugiados; as cidades-museu precisam de uma museologia proporcional;
  • centros, periferias e portas;
  • maquetas, experimentação, desenvolvimento de novos serviços
  • propostas de arte imaterial para nuvens tecnológicas

Lisboa Semântica e Lisboa 3.0 são duas designações que poderão ocupar lugares diferentes no programa da Segunda Cidade. Lisboa Semântica (Slow City ou Timeless City) dirá  respeito à dimensão filosófica da Segunda Cidade, enquanto Lisboa 3.0 se referirá à sua pragmática pós-industrial (guião, plano, organização, sistema e algoritmos generativos, tecnologias, orçamento, financiamento, gestão de projeto, promoção, representação institucional, etc.)

Atualizado em 8/7/2017